.Imagem: Jia Lu

MEUS POEMAS,INSPIRADOS NOS MOMENTOS DE SOMBRAS...E DE LUZ....

.

ONDE FALTA BELEZA NO QUE ESCREVO, FOI DITADO POR MEU EGO;
ONDE A BELEZA EMERGE COMO PEQUENOS PONTOS CINTILANTES NA INTRINCADA TRAMA DE UMA TEIA,
COMO O SUSSURRAR DA BRISA EM MINHA JANELA,
OU AINDA COMO O DELICADO AROMA DE FLORES DE LARANJEIRA EM UMA NOITE DE LUAR,
ESTA BELEZA, COM CERTEZA, FOI INSPIRADA PELO ENCANTO DAS MUSAS...







segunda-feira, 16 de maio de 2011

NA MESMA ESTRADA


Estou cansada
De percorrer a mesma estrada
O mesmo caminho pisado
Repisado
De tropeçar na mesma pedra
De comer a mesma terra
O mesmo pó
Me sinto só
E a cada dia que passa
Fica mais sem graça
O nascer do Sol
E a Lua
A Lua...
Me banha nua
E me preenche
E me enche
De fantasia
Que alegria!
Ainda me resta
Sonhar...

Porto Alegre, 16/05/2011
Imagem: 'Starscape', Josephine Wall

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário